"Matthew" chega a Belize como depressão tropical

Tempestade deve seguir provocando chuvas nas próximas 48 horas

EFE |

Após passar por Honduras e se aproximar da Guatemala, a tempestade "Matthew" chegou neste sábado a Belize na condição de depressão tropical, informou uma fonte oficial. Apesar de ter perdido força, "Matthew" seguirá provocando chuvas nas próximas 48 horas.

O meteorologista do Instituto Nacional de Sismologia, Vulcanologia, Meteorologia e Hidrologia (Insivumeh) Mynor Díaz explicou à Agência Efe que o fenômeno meteorológico ingressou pela parte sul de Belize e passou pela fronteira com o departamento guatemalteco de Petén.

Reuters
Tempestade perdeu força após passar por Honduras e se aproximar da Guatemala
"A tempestade Matthew ingressou como uma depressão tropical e nas próximas horas será rebaixado a um sistema de baixa pressão", assegurou o especialista.

Díaz previu que as chuvas causadas pela passagem do fenômeno natural pelo litoral do Caribe afetarão principalmente os departamentos guatemaltecos de Izabal, Petén e Las Verapaces, no norte.

A trajetória de "Matthew é em direção ao norte de Petén, fronteiriço com Belize, rumo a Iucatã (México), segundo a última fotografia de satélite", disse Díaz.

Por sua vez, o secretário-executivo da Coordenadora Nacional para a Redução de Desastres (Conred), Alejandro Maldonado, disse a jornalistas que as próximas 12 horas serão as mais difíceis no Caribe e no norte pelo volume de chuvas.

Segundo Maldonado, as chuvas deixaram 300 pessoas desabrigadas nas últimas 48 horas.

"Matthew" é a 13ª tempestade tropical da temporada de furacões no Atlântico. A Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês) atualizou sua previsão e prevê a formação entre 14 e 20 tempestades e de oito a 12 furacões, que podem afetar EUA, Caribe, América Central e Golfo do México.

    Leia tudo sobre: matthewtempestadebelize

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG