Tamanho do texto

Bogotá, 3 jul (EFE).- O matemático Alf Onshuus Niño Ángel foi libertado hoje no departamento de Chocó (noroeste), após ficar por pouco mais de cinco meses em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), informaram as autoridades.

O secretário do Governo dessa região, Rufino Córdoba, explicou que o libertado era o último dos seis reféns seqüestrados pelas Farc no dia 13 de janeiro.

Córdoba não informou detalhes sobre a libertação do matemático, que é professor da Universidad de Los Andes, em Bogotá.

O professor e as outras cinco pessoas seqüestradas em janeiro faziam parte de um grupo de 19 turistas que passeava no balneário de Nuquí, cerca de 650 quilômetros ao noroeste da capital colombiana.

Um comando rebelde que atua nessa região abordou a lancha na qual os turistas viajavam e seqüestrou seis deles. EFE rrm/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.