Masud Barzani reeleito presidente do Curdistão iraquiano

O atual presidente da região autônoma iraquiana do Curdistão, Masud Barzani, foi reeleito com 69,57% dos votos e a lista comum dos dois partidos tradicionais curdos obteve 57% dos votos nas legislativas, segundo resultados oficiais anunciados nesta quarta.

AFP |

Barzani, do Partido Democrático do Curdistão (PDK), que foi eleito pela primeira vez por sufrágio universal, obteve 69,57% dos votos, segundo os resultados ofciais anunciados pela comissão eleitoral.

A lista conjunta "Curdistânia", do PDK e da União Patriótica do Curdistão (UPK), conseguiu a maioria absoluta no Parlamento regional com 57% de los votos.

A lista de dissidentes Goran ("Mudança" em curdo), de Nucherwan Mustafá, se converteu, por sua parte, na primeira força de oposição no parlamento, com 23,57% dos votos.

A província autônoma do Curdistão elegeu no sábado passado seu presidente e seu Parlamento, que terão como principal desafio resolver um conflito territorial com Bagdá por esta região rica em petróleo.

A União Patriótica do Curdistão (UPK) e o Partido Democrático do Curdistão (PDK), os dois movimentos que dominam há décadas o cenário político na região, eram apontados como os vencedores das duas eleições.

Bagdá e Erbil brigam pelo controle de 16 setores nas províncias iraquianas do Curdistão, entre os quais a cidade de Kirkuk, rica em petróleo e onde moram curdos, árabes, turcomanos e cristãos.

bur-mel/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG