Massachusetts escolhe senador em eleição crucial para Obama

Por Ros Krasny BOSTON (Reuters) - Os eleitores do Estado norte-americano de Massachusetts vão às urnas na terça-feira para escolher um novo senador, o que pode acabar com o domínio democrata em Washington e atrapalhar a aprovação da reforma da saúde, maior prioridade interna do governo do presidente Barack Obama.

Reuters |

O que parecia um mero trâmite para a escolha de um novo democrata que substituiria o falecido Edward Kennedy, ícone do partido, se transformou numa apertada disputa com a ascensão de ultima hora do senador estadual republicano Scott Brown, até semanas atrás praticamente desconhecido no cenário nacional.

As últimas pesquisas sugerem que ele pode derrotar a procuradora-geral do Estado, Martha Coakley, o que tiraria dos democratas a maioria no Senado e obrigaria Obama a rever sua agenda com apenas um ano no governo.

Kennedy ocupou a vaga por quase 47 anos, até morrer em agosto de câncer no cérebro. Desde 1972 um republicano não é eleito senador pelo Estado, mas a fragilidade econômica e as dúvidas sobre a reforma de saúde levaram os eleitores a reconsiderarem lealdades políticas passadas por gerações.

Isso não poderia ocorrer num momento mais crítico para o governo Obama.

Atualmente os democratas controlam 60 votos no Senado, contra 40 dos republicanos. A perda de uma cadeira pode tirar da bancada democrata a capacidade de pôr fim aos debates legislativos e iniciar uma votação da maior reforma do setor de saúde dos Estados Unidos em mais de quatro décadas.

Além disso, uma derrota em Massachusetts, ou mesmo uma vitória apertada de Coakley, abriria a perspectiva de um mau resultado para o partido governista na eleição parlamentar de novembro.

O comparecimento às urnas costuma ser baixo em eleições fora de época, e pode ser ainda mais reduzido desta vez por causa do mau tempo. Há previsão de nevascas durante o dia.

As urnas ficam abertas das 7h às 20h (10h às 23h em Brasília), e o resultado pode levar várias horas para sair.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG