Automobilismo é um esporte cruel - Mundo - iG" /

Massa: Automobilismo é um esporte cruel

Redação Central, 3 ago (EFE). - O piloto brasileiro Felipe Massa não escondeu a decepção com o resultado de hoje no Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1, no qual liderava desde o início, mas abandonou a três voltas do fim por um problema no motor de sua Ferrari.

EFE |

Massa afirmou que o estouro do motor o pegou de surpresa e lamentou a perda de uma vitória praticamente assegurada, que lhe daria a liderança do campeonato.

"A quebra aconteceu sem avisar, o motor não indicou nenhum problema antes. Estava administrando a liderança, pois tinha uma boa vantagem sobre o segundo colocado, (Lewis) Hamilton estava muito atrás e eu não corria riscos", disse o piloto ao site da F-1.

O brasileiro disse ter ficado "frustrado" com o problema e disse que seu esporte é "cruel".

"Infelizmente, o automobilismo é cruel. Nossa equipe se empenhou muito, mas essas coisas acontecem. Agora não podemos desistir, precisamos reagir imediatamente. Ainda temos sete corridas pela frente e 70 pontos para disputar. Nossos adversários são fortes, mas a Ferrari mostrou que está no mesmo nível que eles", concluiu.

Com o resultado de hoje, Massa se manteve com 54 pontos e caiu para a terceira posição na tabela. Ele foi ultrapassado pelo finlandês Kimi Raikkonen, seu companheiro de equipe, que tem 57. Já o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, segue na liderança com 62. EFE plc/rd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG