Moscou, 13 ago (EFE).- Pelo menos sete pessoas morreram, quatro agentes e três mulheres, no ataque cometido hoje contra um posto policial no Daguestão, informou a Polícia dessa república do Norte do Cáucaso da Rússia.

"Como resultado do ataque morreram quatro agentes. Os agressores também dispararam contra uma sauna ao lado do posto policial. Três de suas funcionárias morreram", afirmou o porta-voz da Polícia do Daguestão, Mark Tolchinsky, segundo a agência "Interfax".

O funcionário afirmou que os soldados responderam atirando contra os assaltantes, mas estes "fugiram" em uma caminhonete.

"Os bandidos usavam máscaras e levavam armas automáticas", acrescentou.

As forças de segurança locais "bloquearam todas as saídas da localidade de Buinaksk e teve início uma operação de busca dos agressores", afirmou.

Nos últimos meses o Daguestão e a vizinha Inguchétia se transformaram nas repúblicas mais instáveis do Cáucaso.

O presidente russo, Dmitri Medvedev, fez em junho uma visita surpresa à república, na qual abordou a ameaça do terrorismo e do crime organizado na região.

O Ministério do Interior russo informou que nos últimos quatro anos morreram no Daguestão mais de 200 policiais em atentados e tiroteios. EFE io/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.