O australiano Mark Webber (Red Bull) venceu neste domingo o GP da Espanha de Fórmula 1, quinta prova da temporada, superando o espanhol Fernando Alonso (Ferrari) e seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel." /

O australiano Mark Webber (Red Bull) venceu neste domingo o GP da Espanha de Fórmula 1, quinta prova da temporada, superando o espanhol Fernando Alonso (Ferrari) e seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel." /

Mark Webber vence fácil o GP da Espanha; Massa termina em sexto

O australiano Mark Webber (Red Bull) venceu neste domingo o GP da Espanha de Fórmula 1, quinta prova da temporada, superando o espanhol Fernando Alonso (Ferrari) e seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel.

AFP |

O australiano Mark Webber (Red Bull) venceu neste domingo o GP da Espanha de Fórmula 1, quinta prova da temporada, superando o espanhol Fernando Alonso (Ferrari) e seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel.

O brasileiro Felipe Massa terminou em sexto lugar e Rubens Barrichello em nono. Bruno Senna, da Hispania, abandonou logo nos primeiros minutos da prova.

Webber, que liderou a prova de ponta a ponta, dominou com autoridade no circuito barcelonês de Montmeló, enquanto que Alonso conseguiu o segundo lugar na penúltima volta, graças ao abandono do inglês Lewis Hamilton, que estourou o pneu.

O espanhol, ídolo absoluto da entusiasmada torcida, foi durante grande parte da corrida o quarto colocado, mas conseguiu ultrapassar Vettel depois da mudança de pneus do alemão.

O quarto lugar ficou com o alemão Michael Schumacher (Mercedes), enquanto que o britânico Jenson Button (McLaren) ficou em quinto.

Dessa maneira, Webber assegura sua primeira vitória da temporada e a terceira de sua carreira.

O australiano de 33 anos, que se aproveitou de sua terceira pole position em sua carreira, resistiu a todos os ataques e garantiu sua vantagem em toda a corrida.

Foi sua primeira vitória desde o ano passado, no GP do Brasil, depois que ele se tornou o primeiro australiano a vencer uma prova desde Alan Jones em 1981, na Alemanha.

O bicampeão espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, por sua vez, se aproveitou de um incidente para deixar sua quarta posição e subir no pódio.

Lewis Hamilton tinha um segundo lugar garantido até que seu pneu estourou na volta 66, faltando duas para o final, o que o obrigou a se retirar da corrida.

Isso deu a Alonso o segundo lugar e também serviu para que companheiro de equipe, o alemão Sebastian Vettel, garantisse o terceiro lugar.

O heptacampeão alemão Michael Schumacher, 41 anos, conseguiu dar mostras de sua recuperação e conseguiu um excelente quarto lugar, ficando à frente do britânico Jenson Button, da McLaren.

Atrás de Massa ficou o alemão Adrian Sutil, da Force India, em sétimo, do polonês Robert Kubica, em oitavo, e seu compatriota Rubens Barrichello, da Williams, que terminou numa ótima nona colocaçãp apesar de largar quase no fim do grid.

A vitória de Webber o coloca entre os líderes da disputa ainda encabeçada por Button, com 70 pontos, e com Alonso agora em segundo, com 67. Entre os construtores, a McLaren lidera com 117 pontos e a Ferrari é o segundo colocado, com 116.

gh/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG