Marinheiros franceses sequestrados na Nigéria são libertados

Na segunda-feira, outros dois franceses foram capturados durante ataque em uma plataforma de petróleo

iG São Paulo |

Três marinheiros franceses sequestrados por piratas, quando trabalhavam em um navio da indústria de petróleo perto da costa da Nigéria em 22 de setembro, foram libertados. A informação foi dada pelo ministro francês das Relações Exteriores, Bernard Koucher.

"Meus pensamentos estão com nossos cidadãos que passaram por uma provação tão difícil", afirmou Kouchner, acrescentando que soube da libertação pelas autoridades nigerianas.

Na segunda-feira, outros dois franceses foram sequestrados durante ataque em uma plataforma de petróleo, juntamente com cinco trabalhadores de outras nacionalidades. A França disse que os trabalhadores ainda estão desaparecidos, mas autoridades estão fazendo tudo para encontrá-los.

Sequestros são frequentes na região do delta do rio Níger, o centro da maior indústria petrolífera e de gás da África e alvo constante de ataques de gangues de criminosos.

No fim de setembro, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, prometeu “mobilizar todas as agências estatais” para libertar os reféns.


*Com AFP

    Leia tudo sobre: françanigériasequestrofranceses

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG