As imagens foram gravadas há nove dias, na costa da Nigéria, por um marinheiro que arriscou a vida para filmar os piratas, enquanto eles circulam o navio petroleiro grego.

Sem nenhum aviso, os piratas começaram a atirar contra o marinheiro. Surpreendentemente, ninguém foi ferido e o navio conseguiu escapar, mas este ataque é parte de uma tendência preocupante.

A pirataria na Somália, do outro lado da África, vem atraindo a atenção do mundo, com resgates milionários sendo entregues de paraquedas, e tripulações mantidas reféns.

Mas a crescente força naval antipirataria no chifre da África não está sendo colocada em ação na costa oeste, onde mais da metade dos ataques estão ocorrendo sem serem relatados.

Leia mais sobre pirataria

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.