Marinha russa começa a vigiar litoral da Abkházia

Moscou, 21 set (EFE).- A Marinha russa começou hoje a vigiar o litoral da região separatista georgiana da Abkházia, que pediu ajuda a Moscou para combater atos de pirataria que seriam cometidos pela Geórgia.

EFE |

O navio Novorossysk atracou no porto de Ochamchira e hoje assumiu as tarefas de vigilância das águas da Abkházia, cuja independência foi reconhecida por Moscou, segundo informou a agência oficial de notícias russa "Itar-Tass".

O Serviço Federal de Segurança (FSB, sucessor da KGB) anunciou hoje que, em virtude do acordo assinado com o Ministério da Defesa da Abkházia, uma frota de dez navios se encarregará de fazer a patrulha de maneira permanente.

O FSB advertiu que as embarcações russas capturarão qualquer navio georgiano que entre em águas territoriais da Abkházia sem permissão, o que gerou temores de possíveis confrontos.

A Rússia e as autoridades separatistas assinaram o acordo de vigilância litorânea em agosto, depois que embarcações georgianas capturaram vários navios que se dirigiam à Abkházia por infringir leis alfandegárias do país.

O ministro de Reintegração da Geórgia, Temur Yakobashvili, assegurou que considerará as operações da guarda-costeira russa em águas da Abkházia também como um ato de pirataria. EFE io/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG