Dois navios mercantes paquistaneses foram apresados em frente ao litoral indiano, em seguida aos ataques terroristas cometidos em Mumbai, anunciou nesta quinta-feira a agência de notícias indiana PTI citando fontes do ministério do Interior.

As embarcações estavam fundeadas no Estado indiano de Gujarat, ao norte de Mumbai.

A marinha indiana suspeita de que os autores dos ataques terroristas da noite de ontem na capital econômica da Índia, e que fizeram pelo menos 125 mortos, tenham chegado à cidade numa lancha rápida proveniente de um navio.

Os terroristas "são do outro lado da fronteira e talvez de Faridkot, no Paquistão", havia afirmado o general indiano R.K. Hooda, que dirige a operação do exército contra os islamitas entrincheirados em dois hotéis de luxo. A acusação, no entanto, foi negada com veemência pelo ministro paquistanês da Defesa, Ahmed Mukhtar.

sas/gh/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.