Marinha dos EUA entrega à Somália 9 suspeitos de pirataria

Mogadíscio, 3 mar (EFE).- Uma embarcação da Marinha americana que opera em águas territoriais da Somália entregou hoje nove suspeitos de atividades de pirataria às autoridades de Puntlândia, região autônoma do nordeste do país, confirmaram à Agência Efe fontes oficiais locais.

EFE |

Os suspeitos foram capturados em 12 de fevereiro, quando a unidade naval americana foi em ajuda de um navio de bandeira indiana que estava sendo atacado por um grupo de piratas no Golfo de Áden.

"Uma embarcação da Marinha dos Estados Unidos sondou a seis milhas de Bosaso (capital de Puntlândia), nos contatou por rádio para que enviássemos nossa Guarda Costeira e nos entregou os nove suspeitos", disse o subchefe da Polícia regional, coronel Mohammed Said Jaqanaf.

Os nove detidos estão presos na sede da Autoridade Nacional de Segurança de Puntlândia, e serão transferidos depois para a prisão central da região.

Além disso, a Marinha alemã repeliu hoje um ataque pirata contra um navio mercante no litoral da Somália, em uma operação na qual foram detidos nove dos atacantes.

Assim informou hoje o Ministério da Defesa alemã, que explicou que os piratas tentaram seqüestrar na manhã um navio mercante alemão, ao qual atacaram com morteiros e outras armas de fogo.

Após o ataque, um helicóptero decolou da fragata alemã "Rheinland Pfalz" e, apoiou um aparelho americano, enfrentou os piratas, que fugiram.

Pouco depois, a embarcação pirata foi capturada pela fragata alemã, cuja tripulação deteve nove pessoas, parte das quais são de nacionalidade sudanesa. EFE ay-aa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG