Marinha do Sri Lanka mata 23 guerrilheiros tâmeis

Nova Délhi, 1º mai (EFE).- A Marinha do Sri Lanka assegurou hoje ter afundado três navios da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) e matado 23 rebeldes no litoral nordeste do país, segundo um comunicado governamental.

EFE |

A Marinha destruiu duas embarcações carregadas de explosivos com as quais os rebeldes queriam realizar "ataques suicidas" contra as tropas governamentais no litoral do distrito de Mullaitivu, segundo uma nota do Ministério da Defesa cingalês.

Para o Governo do Sri Lanka, as tentativas da guerrilha de atacar pelo mar são "desesperadas".

Mullaitivu é o último reduto de resistência dos LTTE, com apenas cinco quilômetros quadrados e onde se amontoam dezenas de milhares de civis.

Os pedidos internacionais para uma trégua e a recente visita ao Sri Lanka dos ministros de Assuntos Exteriores do Reino Unido, David Miliband, e da França, Bernard Kouchner, não serviram para que o Governo detenha sua ofensiva final contra os LTTE. EFE amp/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG