Marinha chinesa evita que piratas ataquem 2 navios no Golfo de Áden

Pequim, 24 jan (EFE).- A frota naval chinesa deslocada no Golfo de Áden evitou o ataque de uma embarcação pirata a dois navios mercantes cuja bandeira não foi revelada, informou hoje a rede de televisão CFTV.

EFE |

Segundo a mesma fonte, o incidente ocorreu na sexta-feira quando os mercantes alertaram que uma embarcação que navegava a grande velocidade tentava atacá-los com armas.

Após receber o apelo de socorro, três navios chineses foram deslocados para a região desde diversos pontos, bem como um helicóptero.

Um dos navios avistou a embarcação suspeita e disparou três balas de advertência, obrigando-a a se afastar, informou a "CFTV".

Depois escoltou os dois navios mercantes em direção a seu destino no Estreito de Bab-el-Mandeb, que separa as costas da Arábia das da África e liga o Mar Vermelho com o Oceano Índico. EFE pc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG