Marinha afirma que 5 mortos e 3 feridos em acidente em praia são portugueses

(acrescenta nacionalidade das vítimas, declarações do primeiro-ministro e dados do acidente). Lisboa, 21 ago (EFE).- Os cinco mortos e os três feridos pelo deslizamento de pedras ocorrido na manhã de hoje na turística praia de Maria Luísa, no Algarve, sul de Portugal, são todos portugueses, segundo afirmou o capitão da Marinha Marques Pereira à Agência Efe.

EFE |

Além disso, o capitão confirmou que a busca de outras possíveis vítimas terminou às 9h do horário local e descartou que mais pessoas pudessem estar soterradas pelas rochas.

As últimas análises sobre o número de mortos ainda não foi divulgada, mas o capitão indicou que "nenhum deles são, a princípio, estrangeiros".

Um homem de 60 anos, quatro mulheres, uma de 37, outra de 50 e duas menores de 25 morreram no acidente.

O acidente, cujas causas estão sendo investigadas, aconteceu às 11h30 (hora local) quando várias rochas de grande dimensão deslizaram sobre a praia Maria Luísa.

Várias testemunhas citadas por meios de imprensa estatais do país descreveram a cena como "ensurdecedora" e acrescentaram que "uma nuvem de pó" subiu enquanto os frequentadores da praia gritavam.

A praia Maria Luísa é muito frequentada por turistas e estava cheia no momento do acidente, segundo a imprensa portuguesa.

O capitão Marques Pereira declarou que um despenhadeiro próximo à praia estava em situação "bastante frágil e existia risco de deslizamento e, por isso, a Autoridade Marítima já tinha colocado avisos sobre sua periculosidade na praia".

No entanto, o primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, que visitou o lugar do acidente, assegurou que "a situação na praia não tinha sido qualificada como iminentemente perigosa".

Sócrates acrescentou que algo causou a tragédia, enquanto alguns especialistas já apontaram que o terremoto de magnitude 4.1 na escala Ritcher que atingiu a região do Algarve na terça-feira poderia ter causado o desmoronamento. EFE prl/ma-bba-pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG