Maridos de grávidas ganham peso, diz estudo

Uma pesquisa britânica sugere que homens ganham em média 6,3 kg quando suas parceiras ficam grávidas. O estudo, realizado pela empresa de marketing britânica Onepoll, descobriu que os homens que ganharam peso durante a gravidez das parceiras geralmente tiveram um aumento de cerca de 5 centímetros em suas cinturas.

BBC Brasil |

Cerca de 25% dos 5 mil entrevistados também afirmaram ter comprado novas roupas, devido ao ganho de peso causado pela paternidade.Um quinto dos pais pesquisados afirmou que só percebeu que tinha ganhado peso quando suas roupas não serviram mais.

Mas 19% deles afirmaram que seus amigos alertaram que eles estavam mais gordos que antes, geralmente com piadas.

Petiscos
De acordo com a pesquisa, o aumento de peso parece estar relacionado com o maior consumo de alimentos, principalmente lanches e petiscos gordurosos.

Um quinto dos entrevistados afirmou ter feito refeições maiores durante a gravidez da parceira, e 41% contaram que havia mais lanches e petiscos em casa.

Entre os lanches prediletos dos pesquisados durante a gestação das parceiras estavam pizza, chocolate, batata frita e cerveja.

A pesquisa também concluiu que 25% dos homens consomem mais comida para fazer com que as parceiras grávidas se sintam melhores a respeito do próprio ganho de peso durante a gestação.

"A mulher normal ganha quase 13 kg durante a gravidez, e não é totalmente incomum para ela ter desejos por comidas mais gordurosas. Elas precisam de lanches mais regulares", afirmou um porta-voz da Onepoll.

"As mulheres são estimuladas as consumir 300 calorias a mais por dia, comendo lanches saudáveis, para garantir que as necessidades nutricionais do bebê sejam atendidas."
"Então, se os armários da cozinha, de repente, estão cheios de lanches e comida, não é de se admirar que os homens fiquem tentados a comer também", afirmou o porta-voz.

"O único problema parece ser que os homens estão escolhendo lanches como doces e bolos, e não acho que as mulheres possam ser responsabilizadas pelo fato de os maridos beberem mais cerveja."
Saúde
A pesquisa também revelou que 42% dos casais entrevistados passaram a visitar mais restaurantes e bares, para tentar aproveitar o pouco tempo que teriam juntos antes do nascimento do bebê.

Apesar do ganho de peso, apenas um terço dos pesquisados acompanhou a parceira em uma dieta depois da gravidez.

"A pesquisa mostra que o comportamento dos pais durante a gravidez de suas parceiras é muito importante, não apenas para eles, mas devido ao impacto de seu comportamento no comportamento da mulher. Isto, claro, pode afetar a saúde do bebê", afirmou um porta-voz da organização britânica Instituto Paternidade.

"Isto é relevante não apenas quando falamos de alimentação, mas também de fumo, consumo de bebidas e abuso de substâncias."

    Leia tudo sobre: gravidez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG