Marcha gay na Bolívia pede reconhecimento da diversidade de gênero no país

La Paz, 27 jun (EFE).- A comunidade de gays, lésbicas, bissexuais e transexuais (GLBT) da Bolívia pediu hoje reconhecimento e respeito pela diversidade de gênero, em dois desfiles realizados em comemoração do Dia Internacional do Orgulho Gay.

EFE |

Pela primeira vez, o coletivo GLBT da cidade de El Alto, divisória a La Paz, celebrou a data com uma entrada folclórica realizada na tarde de hoje em uma de suas principais avenidas.

A celebração começou com certo temor perante a possível rejeição da população de El Alto. No entanto, não houve agressões nem incidentes e inclusive algumas pessoas que presenciaram a entrada aplaudiram os dançarinos, informaram fontes do grupo que organizou o evento.

Mais tarde, cerca de mil pessoas marcharam em direção a avenida do Prado de La Paz para pedir à população "que aprenda a respeitar a diversidade para ter uma cidade mais equitativa", disse à Agência Efe o diretor da entidade privada Associação de Desenvolvimento Social e Promoção Cultural-Liberdade, Alberto Moscoso.

"Duzentos anos na história, construindo uma diversidade plena e livre de preconceitos" é o lema do desfile do orgulho gay em La Paz, em comemoração ao bicentenário da revolta de La Paz contra a colonização espanhola. EFE gb/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG