Maradona provoca alerta de incêndio em hotel por fumar charuto

LONDRES - O craque argentino Diego Maradona é o suspeito de ter iniciado um alerta de incêndio ao fumar um charuto em um hotel de Manchester no qual também estavam hospedados os jogadores do Chelsea, publica hoje o jornal The Sun.

EFE |

Segundo um bombeiro, o ex-jogador e hoje técnico da seleção argentina e alguns de seus acompanhantes, que estavam fumando, fizeram tocar o alarme de incêndio por volta das sete da manhã do último domingo, o que levou o hotel a ser evacuado.

Os jogadores do Chelsea - comandado pelo técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari e que enfrentaram no mesmo dia o Manchester United pelo Campeonato Inglês - tiveram que aguardar, vestindo apenas roupões e em meio a grande frio, a permissão para que pudessem retornar a seus quartos do hotel Radisson Edwardian.

Muitos jogadores, entre eles o meia alemão Michael Ballack, pareciam cansados no momento de seguirem para o estádio de Old Trafford horas depois para a partida que terminou com uma vitória de 3 a 0 do Manchester.

Maradona estava em Manchester para ver em ação o atacante argentino Tévez, que ficou no banco durante toda a partida.

O Corpo de Bombeiros disse não poder informar oficialmente o que causou o alarme, mas um dos bombeiros declarou ao jornal: "Parece que o alarme tocou porque Maradona e seus amigos estavam fumando charutos no 14º andar".

Leia mais sobre Maradona

    Leia tudo sobre: maradona

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG