Maradona afirma que é o novo técnico da seleção argentina

O ex-jogador argentino Diego Armando Maradona afirmou, nesta terça-feira, que ele é o novo técnico da seleção argentina de futebol. A equipe será minha e eu vou formá-la, disse à rádio La Red, de Buenos Aires.

BBC Brasil |

As declarações de Maradona foram feitas logo após reunião com o presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona, e o ex-técnico da seleção Carlos Bilardo.

"Pelo que Julio (Grondona) me disse, nunca houve outro nome para técnico", afirmou Maradona.

"Minha primeira medida será ver os jogadores. Primeiro com os que estão aqui e depois com os que estão no exterior", disse.

Bilardo, que foi técnico da seleção campeã mundial em 1986, atuará, segundo Maradona, como uma espécie de braço-direito, mas não deve interferir na formação do time.

Presente de aniversário
O anúncio oficial do nome do ex-jogador será feito nesta quinta-feira, dia 30, pela AFA.

Segundo as principais emissoras de rádio e de TV argentinas, Grondona prefere esperar para fazer o anúncio no dia do aniversário de Maradona, que completará 48 anos.

A seleção azul e branca estava sem técnico desde a saída de Alfio Basile, no último dia 17, e a idéia da AFA, em um primeiro momento, era formar um grupo de técnicos. Esta semana, no entanto, a expectativa era pela confirmação de Maradona.

Ex-camisa dez da seleção argentina, ele ficou famoso, entre outros motivos, pelo chamado "gol da mão de Deus", na Copa do México, quando, segundo a imprensa, marcou um gol com a mão. À época, ele afirmou ter tido uma ajuda da "mão de Deus".

O ex-craque disse que sua equipe de trabalho será formada ainda por vários ex-jogadores da seleção de 1986.

Recentemente, Maradona teve problemas de saúde por excesso de peso e por envolvimento com drogas, como ele mesmo admitiu.

O ex-jogador passou um longo período internado em 2005 mas, após tratamento, emagreceu, voltou a morar com os pais e tem uma nova namorada.

Os argentinos - principalmente os mais jovens - continuam fãs do ex-jogador, que sempre sonhou, como disse, em ser o técnico da seleção argentina.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG