Maquinista de trem acidentado na Califórnia enviou SMS durante a viagem

O maquinista do trem envolvido no desastre ferroviário de 12 de setembro perto de Los Angeles enviou várias mensagens de texto de seu telefone celular durante o horário de trabalho, segundo os investigadores.

AFP |

A Agência de Segurança nos Transportes dos Estados Unidos (NTSB), organismo federal responsável pela investigação sobre o choque que deixou 25 mortos e 134 feridos, obteve os dados do telefone celular do maquinista, morto na tragédia de Chatsworth (50 km ao noroeste de Los Angeles).

A medida foi adotada depois que um canal de televisão local citou um adolescente que afirmou ter trocado mensagens como maquinista até um minuto antes do choque frontal do trem da rede regional Metrolink com um comboio de carga da Union Pacific.

Os dados mostram que foram enviadas mensagens do telefone celular do maquinista quando ele estava de serviço, segundo a NTSB, que já havia determinado que o trem da Metrolink não respeitou um sinal vermelho.

tq/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG