Os ex-rebeldes maoístas do Nepal aumentaram a vantagem e no momento têm mais representantes que todos os demais partidos juntos, de acordo com a apuração parcial da eleição de quinta-feira para uma Assembléia Constituinte responsável por transformar a monarquia em república.

Os maoístas já elegeram 75 representantes e lideram em outras 34 circunscrições.

O segundo colocado, o partido Congresso, já elegeu 22 representantes e está à frente para outras 11 cadeiras.

str-sas/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.