Manuscrito de Abraham Lincoln é leiloado por 3,4 milhões de dólares

O manuscrito de um discurso de Abraham Lincoln foi leiloado nesta quinta-feira, em Nova York, pelo valor recorde de 3,4 milhões de dólares, no 200º aniversário do presidente que aboliu a escravidão nos Estados Unidos.

AFP |

O discurso contido no manuscrito leiloado na Christie's foi proferido por Lincoln em uma janela da Casa Branca, em 10 de novembro de 1864, após sua vitória nas eleições.

O preço recorde anterior já pago por um manuscrito de Lincoln - assassinado em 1865 - era de três milhões de dólares, alcançado em 2002 pelo último discurso do presidente.

O documento pertencia desde 1928 a uma biblioteca rural do estado de Nova York, que decidiu vendê-lo para financiar a construção de um novo prédio. O texto só havia sido mostrado ao público uma vez, em 1976.

São quatro páginas escritas em caligrafia grossa, sobre folhas grandes, que permitiam ao presidente ler sua fala com mais conforto na hora do discurso.

O texto não é assinado, e algumas palavras, como "unidos" e "divididos" foram grifadas por Lincoln para indicar a ênfase da fala.

    Leia tudo sobre: abraham lincoln

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG