Manifestantes, muitos deles usando máscaras, quebraram nesta quarta-feira as vidraças de uma agência do Royal Bank of Scotland (RBS), no centro de Londres, antes de uma manifestação contra o G20, que se celebra nesta quinta-feira no leste da capita britânica.

Apesar do impressionante esquema de segurança da polícia, alguns manifestantes conseguiram entrar na agência do banco recentemente resgatado pelo governo britânico.

Vigiados por milhares de policiais e escoltados por 'quatro cavaleiros do Apocalipse' em papel machê, os manifestantes se reuniram cedo nas proximidades do Banco da Inglaterra para expresar sua revolta contra os bancos e os banqueiros.

ame/gc/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.