Cerca de vinte manifestantes pró-Tibete invadiram nesta quarta-feira uma loja da transportadora UPS em Paris, para denunciar os patrocinadores dos Jogos Olímpicos da vergonha e exigir a liberdade para o Tibete, a dois dias da abertura dos Jogos de Pequim.

Os manifestantes franceses, integrantes do grupo "Reação-Cidadã", exibiram dentro da loja uma faixa com a inscrição "Liberdade para o Tibete" e afixaram uma bandeira tibetana na entrada do estabelecimento, constatou uma jornalista da AFP.

Em uma rápida encenação, um homem vestido de negro com uma foice jogou no chão um outro militante que representava a "imprensa de luto".

Os militantes, retirados pelos seguranças, em seguida deram continuidade ao seu ato do lado de fora da loja gritando "a UPS patrocina os Jogos Olímpicos da Vergonha" e "liberdade para o Tibete".

"Os patrocinadores são diretamente cúmplices. É uma vergonha deixar os Jogos Olímpicos serem disputados e colaborar com eles", declarou Christophe Cunniet, membro do grupo, que prometeu novas ações.

alm/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.