Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Manifestantes protestam em prisão onde estão acusados de matar jovem grego

Atenas, 11 dez (EFE).- Jovens radicais gregos enfrentaram hoje a Polícia nas imediações da prisão onde estão os dois agentes acusados de matar um adolescente no sábado passado, ao mesmo tempo em que várias delegacias também foram atacadas.

EFE |

Nos arredores da prisão de Korydallos, onde estão os dois agentes envolvidos na morte do jovem Alexandros Grigoropoulos, houve incidentes violentos entre manifestantes e a Polícia, segundo a imprensa local.

Grupos de jovens jogaram pedras contra um ônibus das brigadas antidistúrbios estacionado nas proximidades da prisão.

O prefeito de Korydallos, Stavros Kasimatis, disse ao canal estatal "NET" que os policiais responderam com gás lacrimogêneo.

Além disso, na localidade de Khalandri, no leste de Atenas, um pedestre ficou ferido por causa de uma pedra jogada pelos jovens que protestavam em frente ao quartel da Polícia.

Também nos bairros atenienses de Iliopolis e Agios Dimitrios, centenas de jovens lançaram pedras e gritaram insultos em frente às delegacias.

Paralelamente aos incidentes violentos, mais de cem escolas de ensino médio (para alunos de entre 11 e 18 anos) permanecem fechados e muitas delas estão ocupadas pelos alunos em protesto por causa da morte do adolescente.

Hoje, primeiro dia de aulas após o luto por causa da morte do adolescente e a greve geral de ontem, milhares de menores não foram à escola e protagonizam manifestações.

Cerca de 300 estudantes fizeram uma manifestação contra o Ministério da Defesa, na qual exibiram cartazes nas quais se lia "Alexis sepultado e nós nas ruas".

Associações de estudantes convocaram uma manifestação para hoje no centro de Atenas contra a violência policial. EFE afb/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG