Manifestantes protestam em Beirute contra bloqueio israelense a Gaza

Beirute, 19 dez (EFE) - Dezenas de milhares de pessoas convocadas pelo dirigente do grupo xiita libanês Hisbolá - o principal da oposição-, Hassan Nasrallah, protestaram hoje nos bairros do sul de Beirute em solidariedade para com os palestinos da Faixa de Gaza.

EFE |

Os manifestantes eram liderados por uma banda de música e levavam retratos de Nasrallah e de outros líderes políticos xiitas, tanto libaneses quanto iranianos.

Durante o ato, os participantes gritaram frases como "Morte a Israel", "Morte aos Estados Unidos" ou "Sionistas fora, Palestina será liberada".

Além disso, em vários cartazes era possível ler expressões de solidariedade para com os palestinos.

A manifestação terminou no estádio de Al Raya, no sul de Beirute, onde o segundo no comando do Hisbolá, Naeem Qasem, se dirigiu aos ativistas.

"Temos a responsabilidade, como árabes e muçulmanos, de agir para libertar toda a Palestina", disse Qasem, que insistiu em que o grupo apóia a resistência armada como método para libertar os territórios palestinos.

Qasem pediu também às distintas facções palestinas para esquecer suas divergências e se somar à resistência.

Além disso, apelou aos Estados árabes e especialmente ao Egito para adotar uma postura "de honra" em apoio aos palestinos, e ressaltou que "silenciar é participar do bloqueio".

Outras passeatas de solidariedade aconteceram simultaneamente no sul e no leste do Líbano, redutos do Hisbolá. EFE ks/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG