Paris, 12 set (EFE) - Cerca de 500 pessoas se manifestaram hoje em Paris contra a visita do papa Bento XVI à França, convocadas por associações que defendem diversas causas.

Os organizadores da passeata pediram que a igreja "não se meta na política" e reivindicaram o acesso livre e gratuito a contraceptivos e ao aborto.

A manifestação terminou simbolicamente perto da sede do organismo encarregado de planejamento familiar.

O pontífice chegou hoje a Paris em sua primeira visita à França que o levará também ao santuário mariano de Lourdes (sudoeste do país), por ocasião da comemoração do 150º aniversário das aparições de Nossa Senhora a Bernadette Soubirous. EFE al/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.