Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Manifestantes pedem em Paris liberdade para seqüestrados na Colômbia

PARIS - Cerca de 50 pessoas se reuniram nesta sexta-feira em Paris junto com Astrid Betancourt, irmã da ex-refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), para pedir a libertação dos seqüestrados na Colômbia, coincidindo com um dia de manifestações no país latino-americano e em outras capitais do mundo.

EFE |

A Federação Internacional de Direitos Humanos (FIDH) e a Federação Internacional de Comitês de Liberdade (FICL) exigiram da guerrilha das Farc a libertação imediata de todos os seqüestrados e ao Governo colombiano, a proteção de todas as vítimas.

A mãe de Betancourt, Yolanda Pulecio, também participou da manifestação na qual os manifestantes estavam com cartazes com os rostos de alguns dos seqüestrados pela guerrilha colombiana.

Ingrid Betancourt fez na quinta-feira uma chamada incentivando os franceses a solicitar a liberdade dos seqüestrados do mesmo modo que a levaram "no coração".

A ex-refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) participou da marcha convocada em Madri, junto com o ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos.

Leia tudo sobre: farc

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG