Manifestantes formam corrente humana em Mumbai para pedir paz

Nova Délhi, 12 dez (EFE) - Milhares de pessoas formaram hoje várias correntes humanas em Mumbai, oeste da Índia, para pedir paz e em protesto contra o terrorismo, após os ataques sofridos pela cidade no final de novembro, informou hoje a agência indiana Ians.

EFE |

Mais de 100 organizações de voluntários e ONGs participaram do evento, coordenado pelo grupo Mumbai for Peace.

Os manifestantes carregavam cartazes e gritavam frases contra os atentados terroristas, que deixaram pelo menos 164 mortos em 26 de novembro.

Os organizadores do ato formaram várias correntes humanas que partiram dos principais pontos atacados pelos terroristas, como o centro de orações judaico Chabad-Lubavitch e o hotel Oberoi.

Um dos organizadores, Jatin Desai, afirmou à "Ians" que a iniciativa teve uma resposta "enorme e espontânea" dos cidadãos de Mumbai que saíram de suas casas e escritórios para aderir ao ato.

Nos elos da corrente figuraram pessoas proeminentes, como um bisneto de Mahatma Gandhi, Tushar Gandhi; o poeta Javed Akhtar, o ator de Bollywood Rahul Bose ou o ex-prefeito Shanti Patel.

Com a iniciativa, a Mumbai for Peace pretende que o Governo se responsabilize pela elaboração de estratégias a longo prazo para acabar com os ataques terroristas, assim como o estabelecimento de julgamentos transparentes e críveis dos acusados, segundo a "Ians".

EFE daa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG