Manifestantes fazem passeata em Santa Cruz para pedir paz na Bolívia

Santa Cruz (Bolívia), 13 set (EFE) - Milhares de pessoas, convocadas pela Igreja Evangélica, fizeram hoje uma passeata pelas ruas de Santa Cruz, no leste da Bolívia, para pedir paz, em um momento de máxima tensão no país. A manifestação incomum reuniu milhares de pessoas, muitas delas adolescentes e famílias inteiras, que carregavam bandeiras bolivianas e do departamento de Santa Cruz em uma atmosfera de festa e paz. A passeata, que durou três horas e terminou sob a estátua do Cristo Redentor - o lugar habitual das concentrações dos habitantes de Santa Cruz - com um discurso no qual se elogiou a unidade do país e a necessidade de convivência entre os bolivianos. O ato de hoje contrasta com os violentos incidentes vividos na quinta-feira passada, quando grupos de opositores radicais, muitos deles da União Juvenil Cruceñista (UJC), protestaram contra o Governo protagonizando tomadas de edifícios públicos e atos de vandalismo em pleno centro da cidade. Santa Cruz é o principal foco de oposição ao Governo de Evo Morales e lidera um processo autonomista, o qual o Executivo considera ilegal. O departamento é apoiado pelas regiões de Beni, Pando, Tarija e Chuquisaca.

EFE |

EFE fjo/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG