Bangcoc, 5 abr (EFE).- Os milhares de manifestantes antigovernamentais que paralisaram este fim de semana o coração de Bangcoc aceitaram transferir hoje seus protestos para outra zona da capital para evitar o confronto com as forças de segurança.

Os partidários da Frente Unida para a Democracia e contra a Ditadura, a plataforma criada por políticos partidários do ex-primeiro-ministro deposto Thaksin Shinawatra, decidiram seguir suas manifestações em outra área em que os prejuízos para a cidade sejam menores.

Jatuporn Prompan, um dos líderes dos protestos, assegurou que eles vão para outro lugar, que não revelou, na manhã desta segunda-feira.

Dezenas de lojas, grandes shoppings e restaurantes, mantiveram durante todo o fim de semana suas portas fechadas ao público por medo de que a ocupação da região desembocasse em distúrbios, enquanto os hotéis extremaram as medidas de segurança e recomendaram prudência a seus hóspedes. EFE tai/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.