Manifestantes arrombam embaixada do Sri Lanka em Oslo

OSLO (Reuters) - Manifestantes pró-Tigres do Tâmil arrombaram a embaixada do Sri Lanka durante um protesto na capital norueguesa de Oslo neste domingo, quebrando janelas e móveis, mas ninguém ficou ferido, disse a polícia. O protesto, o primeiro de muitos feitos pelos defensores dos Tigres do Tâmil ao redor do mundo nas últimas semanas que se tornaram violentos, ocorreu após uma marcha de cerca de 100 mil pessoas em Londres, no sábado, para exigir um cessar-fogo entre as forças do Sri Lanka e os rebeldes.

Reuters |

"Eles destruiram janelas e quebraram outras coisas dentro e depois desapareceram--nós ainda não capturamos ninguém", disse à Reuters o policial Tor Groettum.

Os Tigres do Tâmil começaram uma manifestação em Oslo na semana passada para pressionar a Noruega, uma das quatro nações que lidera o processo de paz no Sri Lanka, a usar sua influência para impedir a violência no país.

"Nós condenamos este ataque em termos não definidos", disse à Reuters o secretário de Relações Exteriores do Sri Lanka, Palitha Kohona, acrescentando que Colombo espera que as autoridades norueguesas encontrem e processe os culpados.

O presidente do Sri Lanka, Mahinda Rajapaksa, ordenou neste domingo que os militares não atacassem os Tigres do Tâmil durante os dois dias do feriado, para deixar que milhares de civis escapem para uma zona de não-fogo, onde eles serão presos pelos separatistas.

Soldados cercaram remanescentes dos Tigres do Tâmil em uma praça a 17 km da zona de não-fogo ao norte da costa do Sri Lanka, e estão perto de exterminá-los e terminar a guerra civil a longo-prazo da Ásia.

(Reportagem de John Acher)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG