Pelo menos dez policiais ficaram feridos neste sábado, três gravemente, durante uma manifestação de separatistas em Bastia, no norte da Córsega, informaram as autoridades locais.

Os feridos graves sofreram queimaduras e traumatismos cranianos provocados por coquetéis molotov e projéteis lançados pelos manifestantes, revelaram as mesmas fontes.

Os separatistas - 1.500 segundo a polícia e 15 mil segundo os organizadores - protestavam contra a "violência policial" registrada na segunda-feira passada, durante uma manifestação de repúdio à pena de prisão perpétua decretada contra o nacionalista corso Yvan Colonna, pela morte, em 1998, do governador da ilha.

O centro de Bastia foi palco de violentos confrontos entre as forças da ordem e os manifestantes, que atearam fogo ou saquearam vários prédios públicos.

PhC/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.