Manifestação homossexual termina com 20 detidos em Moscou

A polícia da capital russa deteve neste sábado uns 20 ativistas em uma manifestação a favor dos direitos dos homossexuais horas antes do início do concurso de música da Eurovisión em Moscou.

AFP |

Os manifestantes gritavam "A homofobia é uma vergonha para a Rússia!" e "Os mesmos direitos para todo o mundo", antes de serem detidos por este protesto interditado pelas autoridades, conforme testemunhou um jornalista da AFP.

AP
AP
Manifestante é detido na Rússia


Os defensores dos direitos dos homossexuais vêm intensificando suas atividades há alguns últimos dias, aproveitando-se do festival europeu de música que está sendo realizado pela primeira vez na Rússia.

A homofobia é um preconceito muito expandido na Rússia, onde a homossexualidade foi um crime até 1993 e foi classificada como "doença mental" até 1999.

Leia mais sobre: Rússia

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG