Manifestação do Orgulho Gay reúne mais de um milhão de pessoas em Madri

Madri, 5 jul (EFE).- A manifestação do Orgulho de Lésbicas, Gays, Transexuais e Bissexuais (LGTB), realizada hoje em Madri, sob o lema Pela Visibilidade Lésbica, transformou o centro da capital espanhola em um cenário de festa e de reivindicações contra a discriminação.

EFE |

O coletivo de lésbicas, gays, transexuais e bissexuais de Madri (Cogam) calculou em 1,1 milhão o número de participantes da manifestação, que foi liderada pela ministra de Igualdade espanhola, Bibiana Aído.

A ministra assegurou, no início da marcha, que se tratava de "fazer em voz alta uma aposta pela diversidade e igualdade".

"Hoje é um dia de direitos dos cidadãos", afirmou.

Devido ao calor, muitos participantes foram ao evento trajando biquínis e roupas de banho. Também sobraram fantasias, dentre as quais as das drag queens imigrantes, que vestiam trajes regionais de seus países.

A marcha foi concluída com a leitura do manifesto do Orgulho Gay, no qual membros de várias associações de gays e lésbicas sublinharam que "hoje era o seu dia".

"Mas não devemos esquecer que nossa dignidade e nossa igualdade seguem perseguidas por um vergonhoso recurso de inconstitucionalidade", disseram, em alusão ao recurso apresentado no Congresso pelo conservador Partido Popular, contra a lei que permite o casamento entre homossexuais. EFE mjp/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG