Para denunciar os constantes problemas de circulação, cerca de 600 ônibus invadiram Buenos Aires nesta terça-feira, paralisando o tráfego na capital argentina.

Acordo Ortográfico As ruas do centro da cidade foram tomadas por centenas de ônibus coloridos. O objetivo era protestar nos arredores dos edifícios da prefeitura da capital, que tem mais de 3 milhões de habitantes.

Os ônibus circularam na contramão do principal eixo viário da cidade, a avenida de Mayo, que liga o Palácio Presidencial ao Parlamento.

Sob os olhares espantados dos transeuntes, várias pessoas se divertiam correndo e pulando nos tetos dos veículos.

Esta manifestação acontece num momento em que o prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri, lançou um novo plano de circulação para desafogar o tráfego na capital argentina, constantemente engarrafada.

Os motoristas de ônibus exigem que os táxis sem passageiros não sejam mais autorizados a utilizar os corredores reservados aos transportes públicos.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.