Manifestação contra detenção trabalhadores ilegais nos EUA

Liderados por 43 mulheres com braceletes eletrônicos em seus calcanhares, centenas de pessoas realizaram uma manifestação neste domingo na principal rua da cidade de Postville, pequena cidade do Iowa, para protestar contra a maior detenção de imigrantes ilegais na história dos Estados Unidos.

AFP |

Liberadas da prisão para que pudessem visitar suas famílias, as 43 mulheres são parte dos 390 trabalhadores -principalmente guatemaltecos e mexicanos- presos pela Polícia Federal no dia 12 de maio na usina processadora de carne Kosher Agriprocessors, acusados de utilizar identidade falsa.

Foi a maior operação de prisão de imigrantes ilegais da história dos Estados Unidos em um local de trabalho, e faz parte da ofensiva do governo contra a imigração ilegal, a três meses das eleições presidenciais.

As detenções separaram famílias, devastaram o comércio local -especialmente as lojas voltadas para a população de origem latino-americana- e deixou a que antes da onda de prisões era a maior fábrica processadora de carne kosher do país operando a 50% de seu potencial. A carne kosher é um alimento tradicional dos judeus.

jk/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG