Manifestação contra Ahmadinejad termina com 7 mortos, diz rádio

Teerã, 16 jun (EFE).- Pelo menos sete pessoas morreram nesta segunda-feira em enfrentamentos entre milicianos islâmicos Basij e seguidores do candidato opositor Mir Hussein Moussavi, que denunciou fraude eleitoral, informou hoje a rádio nacional iraniana Payam.

EFE |

"Um grupo de manifestantes quis atacar um posto militar e realizou diversos atos de vandalismo contra o patrimônio público na praça de Azadi. Infelizmente sete pessoas morreram e várias outras ficaram feridas", informou a rádio.

A "Payam" não especificou se os mortos eram seguidores de Moussavi ou milicianos "Basij", que há três dias tomaram as ruas de Teerã para reprimir os protestos contra a polêmica reeleição de Ahmadinejad.

Cerca de um milhão de pessoas se reuniram na segunda-feira em uma das principais avenidas de Teerã em apoio a Moussavi, que pediu a repetição das eleições, que a oposição reformista considera fraudulentas.

A manifestação, silenciosa e pacífica, terminou com uma série de enfrentamentos na praça de Azadi, no noroeste da cidade, e focos de violência esporádicos em outros pontos da capital.

Testemunhas tinham explicado à Agência Efe que pelo menos uma pessoa tinha morrido ao tentar entrar em um prédio controlado pela milícia "Basij" na região da praça.

A vítima tinha morrido baleada por milicianos do "Basij", um movimento que não costuma andar armado.

Além disso, vários estudantes denunciaram à Efe que pelo menos quatro pessoas tinham morrido na noite anterior, durante uma incursão da Polícia e do "Basij" em uma das residências do campus.

O Ministério do Interior deu na sexta-feira passada a vitória eleitoral a Ahmadinejad com uma surpreendente maioria absoluta.

No entanto, para que o resultado seja oficial, deve ser agora validado pelo poderoso Conselho de Guardiães.

Diante da atual situação, este organismo anunciou na segunda-feira que decidirá sobre a queixa por fraude apresentada pelo líder da oposição "no prazo mais breve possível". EFE jm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG