Mandela reaparece em comício de campanha para eleições gerais

Johanesburgo - Nelson Mandela, prêmio Nobel da Paz e primeiro presidente negro da África do Sul, reapareceu em público neste domingo em Johanesburgo, no comício de encerramento da campanha de seu partido, o governista Congresso Nacional Africano (CNA), para as eleições gerais de quarta-feira.

EFE |

Mandela, de 90 anos, vestia uma camisa amarela com a imagem do

Reuters
Mandela participa de comício
candidato à Presidência do CNA, Jacob Zuma, com quem chegou junto num pequeno carro elétrico ao Estádio Ellis Park, que recebia 60 mil eleitores e ainda ficou cercado por dezenas de milhares de pessoas barradas por causa da lotação.

Este domingo foi a segunda vez nesta campanha que Mandela apareceu no palanque ao lado de Zuma. Afastado da política ativa desde que concluiu seu mandato presidencial, o Nobel da Paz passou a última década se dedicando a obras sociais, sobretudo à luta contra a aids.

O comício deste domingo realizado pelo CNA foi o maior da atual campanha, com a qual Zuma tentará superar os dois terços de representação na Assembleia Nacional, de 400 membros, para, assim, abrir caminho para reformar a Constituição e "acelerar a mudança e o progresso".

O principal objetivo da oposição é, exatamente, evitar que Zuma consiga os dois terços de constituintes da assembleia, já que consideram o candidato governista "um perigo para a democracia".

No entanto, a última pesquisa sobre as intenções de voto, divulgada neste sábado, indica que o CNA não só conseguirá os dois terços da Assembleia Nacional, onde agora tem 297 dos 400 assentos, como ficará com 60% das cadeiras.

Leia mais sobre: Mandela

    Leia tudo sobre: mandela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG