Mamífero raro é fotografado em floresta do Congo

Câmeras da Sociedade Zoológica de Londres capturaram imagens de um mamífero selvagem raro que habita as florestas da República Democrática do Congo. Os ocapis foram encontrados no Parque Nacional de Virunga e, segundo especialistas, esta seria a prova de que a espécie tenha sobrevivido os longos anos de guerra civil no país.

BBC Brasil |

Acordo Ortográfico

O animal é o parente mais próximo da girafa, porém tem o pescoço bem mais curto. Com listras traseiras semelhantes às de uma zebra, o mamífero tem o resto do pelo escuro e possui uma língua comprida, usada para pegar alimentos, lavar as pálpebras e limpar as orelhas.

Noelle Kimpel, da Sociedade Zoológica de Londres, disse que os animais são tímidos e correm risco de extinção devido à sua carne saborosa.

"Ter conseguido tirar fotos de uma criatura tão carismática e rara é realmente incrível", disse a zoóloga.

Os ocapis eram desconhecidos do mundo ocidental até o início do século 20, mas atualmente sabe-se que eles habitam três áreas remotas de florestas protegidas no Congo.

O acesso a esses locais é difícil diante dos obstáculos impostos pela guerra civil e infraestrutura precária, atrapalhando os trabalhos de pesquisas.

A última vez em que um ocapi foi fotografado foi há 50 anos. Em 2006, estudos realizados pela organização WWF encontraram vestígios do animal próximo à beira de um rio ao note do Parque Nacional de Virunga.

Em parceira com Instituto Congolês para Conservação natural, a Sociedade Zoológica de Londres decidiu investigar.

"Nós já identificamos três animais e futuros trabalhos nos possibilitará fazer estimativas da população e da localização da espécie, o que será o primeiro passo nos esforço de conservação", disse Thierry Lusenge, membro da equipe.

Leia mais sobre: Ocapis

    Leia tudo sobre: animais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG