Damasco, 16 ago (EFE).- O primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, chega na terça-feira a Damasco para discutir com o presidente sírio, Bashar al-Assad, um aumento da cooperação para controlar o fluxo de militantes da Al Qaeda da Síria ao Iraque, informaram fontes oficiais sírias.

A reunião acontece uma semana depois que uma delegação americana, liderada pelo general Michael Moeller, do Comando Central dos Estados Unidos, analisou com funcionários sírios a mesma questão.

A visita de Maliki, que durará dois dias, é a segunda que o líder iraquiano faz a Damasco desde que assumiu o cargo de premiê, em abril de 2006.

O Governo sírio disse em comunicado que este encontro, que acontece poucos meses depois da viagem a Bagdá do primeiro-ministro sírio, Naji Otri, procura impulsionar a cooperação entre os dois países.

"A visita reforçará os laços em todas as áreas, especialmente na economia, no comércio e no petróleo. As conversas de terça-feira também se centrarão na situação no Iraque e nos esforços de reconciliação", segundo a nota.

A relação entre Iraque e Síria viveu momentos de tensão ao longo dos anos, mas em novembro de 2006 os dois países restauraram seus laços diplomáticos. EFE gb/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.