Bagdá, 21 mar (EFE).- O primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, pediu hoje uma apuração manual dos votos emitidos nas eleições parlamentares do dia 7 de março.

Segundo disse Maliki em comunicado divulgado hoje, a medida pretende "proteger a democracia" e dar transparência à apuração dos votos. EFE am-ag/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.