Maliki dá prazo para que xiitas de Amara desarmem

O primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, disse neste sábado que militantes xiitas na cidade de Amara, no sul do país, devem abandonar suas armas nos próximos quatro dias. Maliki disse que essa será a última chance para que os insurgentes entreguem suas armas e bombas.

BBC Brasil |

O premiê iraquiano fez a declaração horas depois que tropas e policiais iraquianos, com apoio das forças americanas, foram enviados para Amara, capital da província de Maysan e que tem sido palco de intensos confrontos entre grupos xiitas.

Tanques do Exército iraquiano patrulham as principais ruas da cidade, e as forças de segurança montaram postos de checagem.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG