Bagdá, 26 mar (EFE).- O primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, insistiu em que os resultados das eleições anunciados hoje não são definitivos e antecipou que sua aliança política vai recorrer aos canais legais para impugná-los.

EFE ah-aj-ag/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.