Malásia quer receber prisioneiros de Guantánamo

O primeiro-ministro da Malásia, Abdullah Ahmad Badawi, deseja receber os dois cidadãos malaios que estão na prisão Guantánamo, depois que o presidente Barack Obama ordenou o fechamento do local no prazo de um ano.

AFP |

"Gostaríamos de receber os dois, para que continuem cumprindo suas condenações na Malásia", afirmou o premier à agência de notícias oficial Bernama.

Os Estados Unidos consideram Mohamed Nazir Lep e Mohamed Farik Amin membros da rede terrorista regional Jemaah Islamiyah (JI), responsável por vários ataques no sudeste da Ásia, incluindo os atentados de Bali de 2002.

rb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG