Kuala Lumpur, 24 abr (EFE).- A delegação do Irã foi expulsa hoje de uma feira internacional de armamento realizada na capital da Malásia, depois de os organizadores considerarem que sua exibição de produtos violava uma resolução das Nações Unidas.

A informação foi dada pelo vice-primeiro-ministro malaio, Najib Razak, que disse aos jornalistas que vários tipos de mísseis exibidos por empresas iranianas foram "ofensivos" aos promotores do evento, denominado "Defense Services Asia".

Razak precisou que as autoridades "não tiveram outra opção" a não ser pedir que o Irã deixasse a feira.

A "Defense Services Asia" acontece a cada dois anos em Kuala Lumpur, e é organizada pelo Ministério da Defesa.

A edição deste ano contou com a participação de mais de 600 representantes de cerca de 40 países. EFE snr/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.