Malária se originou nos chimpanzés, afirma pesquisa

Washington, 3 ago (EFE).- A origem da malária se deu nos chimpanzés, afirma um estudo feito por cientistas americanos e publicado hoje pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

EFE |

O pesquisador Nathan Wolfe afirmou que a descoberta feita em chimpanzés de Camarões e da Costa do Marfim resolve um dos maiores mistérios da medicina.

"Para mim, esta (descoberta) é equivalente microbiológica à da origem do HIV, o vírus de imunodeficiência humana que causa a aids", afirmou Wolfe, do instituto de pesquisas Global Viral Forecasting Initiative.

"Se alguém pensa que o HIV é um só furacão, a malária é um furacão que esteve castigando durante milhares de anos", disse.

A malária é causada por um parasita que infecta os glóbulos vermelhos e se aloja no fígado, e se manifesta principalmente nas regiões tropicais.

Os sintomas da doença são febre, diarréia, problemas de respiração e, nos casos mais graves, pode causar danos neurológicos e até a morte.

Calcula-se que o parasita infecte cerca de 500 milhões de pessoas e mate mais de um milhão por ano. EFE ojl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG