Mala vazia gera medo de novo atentado em Xangai

Xangai, 4 ago (EFE).- A Polícia da cidade chinesa de Xangai isolou e esvaziou um supermercado após ser alertada para a presença no local de uma mala suspeita, que estava vazia.

EFE |

A Polícia comprovou que a mala não continha uma bomba, nem nenhum outro tipo de artigo perigoso.

O supermercado pertence à cadeia britânica Tesco, que tem um grande número de lojas nas maiores cidades do país asiático, e é muito popular também entre a comunidade estrangeira de Xangai.

A metrópole chinesa, que sedia algumas provas dos Jogos Olímpicos de Pequim, aumentou suas medidas de segurança no último mês, especialmente nos arredores do estádio no qual serão disputadas 12 partidas das competições de futebol. EFE alv/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG