Um egípcio de 19 anos morreu neste sábado por gripe aviária, se convertendo na 21ª pessoa vitimada pelo vírus H5N1 desde sua aparição no país em 2006, anunciou o ministério da Saúde.

Mohamed Idris Hasan Ibrahim, da província de Beheira, delta do Nilo, morreu no hospital, segundo a fonte.

O Egito é um dos países mais afetados pela gripe aviária, ficando atrás da Indonésia (107 mortos) e Vietnã (52).

jaz/jac/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.