Mais um incidente na central nuclear francesa de Tricastin

Cem funcionários da central nuclear de Tricastin, no sudeste da França, foram levemente contaminados por poeira radioativa nesta quarta-feira, informou a diretoria do centro, pouco mais de 15 dias depois de outro incidente registrado no mesmo local.

AFP |

O incidente desta quarta-feira aconteceu às 09H30 locais (04H30 de Brasília) em uma sala onde um reator estava parado para manutenção.

"Uma canalização dentro da sala foi aberta para esta manutenção, liberando um pó radioativo", explicou à AFP Alain Peckre, diretor da centreal nuclear EDF, qualificando o incidente de "fato sem gravidade".

Este incidente é o segundo em Tricastin depois do vazamento, na madrugada de 8 de julho, de resíduos radioativos de uma cuba da usina Socatri, filial do gigante francês da energia Areva.

Trata-se do terceiro incidente em um centro nuclear na França em pouco mais de 15 dias: em 17 de julho, outro vazamento de resíduos radioativos foi constatado em uma usina explorada por uma filial da Areva em Romans-sur-Isère, no sudeste da França.

O incidente desta quarta-feira foi classificado provisoriamente no nível zero (numa escala de 0 a 7) pela Autoridade de Segurança Nuclear (ASN) francesa.

Segundo Peckre, 129 funcionários do centro foram encaminhados à enfermaria para exames médicos.

Deste total, "100 pessoas foram levemente contaminadas por elementos radioativos 40 vezes inferiores ao limite regulamentar anual", frisou Stéphanie Biabaut, encarregada da comunicação da central de Tricastin.

"As causas do incidente estão sendo investigadas", acrescentou.

dfa/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG